PUBLICIDADE

plinko esporte da sorte-“Economia circular é mantra de favela”, diz empreendedora

plinko esporte da sorte

Fundadora de startup de reciclagem liderada por mulheres, Saville Alves fala sobre periferia no Web Summit Rio
18 abr 2024 - 07h59
(atualizado às 11h05)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Cofundadora da Solos faz palestra sobre Potência Periféricaplinko esporte da sorteDesign Circular. Iniciativa liderada por mulheres tem seis anos e conquista representatividade. Para a empreendedora, "existe tecnologia e conhecimento disponível para realizarmos transição energética, reciclagemplinko esporte da sortelarga escala e recuperação de biomas"
Para Saville Alves, "empreendedorismo de impacto" significa “fazer acontecer com intencionalidade”
Para Saville Alves, "empreendedorismo de impacto" significa “fazer acontecer com intencionalidade”
Foto: Tayse Argolo

plinko esporte da sorte de :Temos os melhores relatórios de previsão, você está convidado a participar

Saville Alves, cofundadora da startup Solos, faz palestraplinko esporte da sorte18 de abril, no último dia do Web Summit Rio. Seu tema é Potência Periféricaplinko esporte da sorteDesign Circular. No evento, considerado o maior da área no mundo, a baiana vai trazer, sobretudo, a experiência dos últimos seis anos à frente da Solos, que impactou mais de dois milhões de pessoas.

A startup atuaplinko esporte da sortetrês frentes: entre quem gera embalagens descartadas, na gestão de resíduos eplinko esporte da sortesistemas inteligentes de coleta. A iniciativa é quase toda liderada por mulheres e está presenteplinko esporte da sorteseis capitais.

Uma das ações acontece nos carnavais paulista e baiano, junto às cooperativas de reciclagem. Neste ano, mais de R$ 1 milhão foram gerados para catadores.

Saville Alves coleciona prêmios. Foi apontadaplinko esporte da sorte2022 como uma das 20 mulheres mais inovadoras pela Forbes e, no ano passado, a startup Solos recebeu o Prêmio Nacional de Inovação.

A empreendedora social conversou com o Visão do Corre.

Como você explicaria "economia circular" para uma mulher da favela?

Economia circular é o mantra de toda mulher de favela. É o jeito de darmos os mais variados usos a algo e pelo máximo de tempo. A roupa do filho mais velho, que vai para o filho mais novo. O pote de sorvete que vira vasilha para congelar feijão.

O que é "empreendedorismo de impacto"?

É o jeito de fazer acontecer com intencionalidade. Escolher uma realidade que você quer transformar e, com senso de ética e respeito pelas pessoas e pelo planeta, realizar. É esse o significado real. O que me emociona.

Considerando que a plateia deplinko esporte da sortepalestra não será de mulheres periféricas, como a mensagem poderá chegar a elas?

Essa palestra é uma oportunidade de compartilharmos com o público elitizado o que temos aprendido e trocado no ambiente e junto às pessoas das favelas. Inclusive, na véspera da palestra, eu fui conhecer a periferia de Duque de Caxias, onde iniciaremos um programa de educação ambientalplinko esporte da sortemaio.

Poderia resumir um caso de impacto recente gerado pelo seu trabalhoplinko esporte da sortecomunidade periférica?

Desde o ano passado estamos implementando, junto à Prefeitura de Salvador, Universidade de Geórgia, nos Estados Unidos, e as Cidades Resilientes, um programa para identificar os tipos de resíduos presentes nas ruas de bairros de centro e periferia, categorizá-los e, um junto com a academia, cooperativas, lideranças comunitárias e representantes de grandes empresas, entender como implementar uma solução que despolua as periferias. Esta é uma solução de médio prazo e estruturante.

Você concorda que “empreendedorismo” pode ser uma expressão pomposa, mas,plinko esporte da sortegeral, significa uma atitude de sobrevivência, muitas vezes desesperada?

No Brasil, a principal motivação é a fome e a circunstância é a escassez, sendo exceção os casos do empreendedorismo como uma vocação, um talento e um sonho grande. Mas também tenho refletido sobre a importância de dar um significado de maior dignidade a profissões historicamente marginalizadas e que, com o MEI, têm sido possível criar novos imaginários e gerar profissionalização.

Podemos ter chegado a um ponto de não-retorno na questão ambiental. Em relação aos resíduos, ainda há solução possível?

Existe tecnologia e conhecimento disponível para realizarmos transição energética, reciclagemplinko esporte da sortelarga escala e recuperação de biomas. O poder da criação humana é inimaginável. É só olharmos como a vida mudouplinko esporte da sortevinte anos. O problema é grande. Inegável. Fazer barulho sobre o que nos incomoda e usarmos nossas forças para influenciar é o único caminho possível.

Fonte: Visão do Corre
Compartilhar

Fontes de referência

  1. cassino aposta 1
  2. vasco pix bet
  3. bonus cadastro bet

Publicidade
Seu Terra












Publicidade