PUBLICIDADE

grupo de sinais brabet-Mosquitos que combatem a dengue são soltos hoje no RJ

grupo de sinais brabet

Eles carregam bactéria que impede a transmissão de vírus. Solução também é eficaz na redução de casos de zika e chikungunya
3 abr 2024 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
O Método Wolbachia consiste na introdução de uma bactéria nos mosquitos para impedir a transmissão de doenças. O Rio de Janeiro, que adotou o método desde 2014, expande o programa para o centro da cidade, Caju e Ilha de Paquetá. Nas áreas onde os mosquitos inoculados com bactérias foram soltos, houve redução de cerca de 70% dos casos de dengue, 60% de chikungunya e 40% de zika
Mosquitos soltos carregam bactéria Wolbachia, que impede a transmissão de doenças. Redução de casos é significativa
Mosquitos soltos carregam bactéria Wolbachia, que impede a transmissão de doenças. Redução de casos é significativa
Foto: Edu Kapps/SMS

grupo de sinais brabet de :Temos os melhores relatórios de previsão, você está convidado a participar

O Rio de Janeiro expande para o centro da cidade, Caju e Ilha de Paquetá o método de combate à dengue, zika e chikungunya soltando mosquitos com uma bactéria que impede a transmissão do vírus, substituindo gradativamente os transmissores por insetos incapazes de passar doenças. É o Método Wolbachia.

Hoje, 3 de abril, transitando com veículos da Secretaria Municipal de Saúde, agentes soltarão mosquitos inoculados com bactérias, digamos, sabotadoras, no centro do Rio de Janeiro. Amanhã, será a vez da Ilha de Paquetá.

A primeira soltura da expansão para três locais começou nas proximidades da Clínica da Família São Sebastião, no bairro do Caju. Os mosquitos foram soltos nas ruas egrupo de sinais brabetpontos estratégicos, como o Cemitério São Francisco Xavier.

O que é o Método Wolbachia?

A bactéria chamada Wolbachia é encontrada naturalmentegrupo de sinais brabetcerca de 60% de todas as espécies de insetos. Introduzidasgrupo de sinais brabetmosquitos Aedes aegypti, torna-os incapazes de transmitir a dengue, zika e chikungunya.

A bactéria manipula a reprodução dos insetosgrupo de sinais brabetque está presente. Conforme vão nascendo, o número de mosquitos incapazes de transmitir doenças aumenta rapidamente, até que sejam maioria.

O Rio de Janeiro, que usa métodos diferenciados, como peixes comedores de larvas de mosquitos da dengue, é a cidade brasileira com maior presença do Método Wolbachia.

A previsão oficial é proteger 1,5 milhão de pessoas no município, cobrindo a região central e a Zona da Leopoldina, com alta incidência de casos e grande densidade populacional.

Em veículos, agentes da prefeitura soltam hoje, no centro do Rio de Janeiro, mosquitos que combatem dengue, zika e chikungunya
Em veículos, agentes da prefeitura soltam hoje, no centro do Rio de Janeiro, mosquitos que combatem dengue, zika e chikungunya
Foto: Edu Kapps/SMS

Brasileiro participou da descoberta

A solução da bactéria inoculada no mosquito foi descoberta por Luciano Moreira, da Fiocruz, e cientistas da Monash University,grupo de sinais brabetMelbourne, Austrália. No Rio de Janeiro, o Método Wolbachia é desenvolvido através de parceria entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o World Mosquito Program Brasil (WMP Brasil) e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) do Rio de Janeiro.

Os trabalhos de campo começaramgrupo de sinais brabet2014,grupo de sinais brabetTubiacanga, na Ilha do Governador. Além da capital, os mosquitos não-transmissores estãogrupo de sinais brabetNiterói. Neste ano, os dados mostram redução de cerca de 70% dos casos de dengue, 60% de chikungunya e 40% de zika.

“Esses números estão publicadosgrupo de sinais brabetartigo científico e corroboram com dados de outros países”, compara o coordenador do programa no Brasil, Luciano Moreira.

Os dados de 2024 mostram redução de cerca de 70% dos casos de dengue, 60% de chikungunya e 40% de zika nas áreasgrupo de sinais brabetque mosquitos foram soltos
Os dados de 2024 mostram redução de cerca de 70% dos casos de dengue, 60% de chikungunya e 40% de zika nas áreasgrupo de sinais brabetque mosquitos foram soltos
Foto: Edu Kapps/SMS

Outras cidades brasileiras com mosquitos inoculados por bactéria Wolbachia são Campo Grande (MS), Belo Horizonte (MG) e Petrolina (PE). As liberações nessas cidades foram concluídas no final de 2023. O método está sendo aplicadogrupo de sinais brabet14 países, alcançando quase 11 milhões de pessoas.

Fonte: Visão do Corre
Compartilhar

Fontes de referência

  1. zepbet é confiável
  2. bullsbet no deposit bonus codes
  3. betano aviator ao vivo

Publicidade
Seu Terra












Publicidade